Conheça as três maiores ameaças ao banco de dados e saiba como estruturar sua segurança!

As organizações de todo o mundo contam com bancos de dados para armazenar e disponibilizar suas informações. Eles são sua arca do tesouro moderno, essencial para ajudá-lo a gerenciar seus dados em um mundo onde bits e bytes estão crescendo a taxas a cada dia. Os sistemas de banco de dados contemporâneos são ricos em recursos que permitem entrada, armazenamento e recuperação rápidos, convenientes e flexíveis.

Para ajudar sobre o assunto, vamos discutir as principais ameaças que os bancos de dados enfrentam e algumas dicas de como você pode mantê-los protegidos contra os ataques cibernéticos.

1) Ameaças de credenciais

Esquemas fracos de gerenciamento de senha e autenticação, permitem que invasores assumam a identidade de usuários legítimos do banco de dados. Estratégias de ataque específicas incluem ataques de força bruta e engenharia social chamada phishing.

2) Ameaças de privilégio

Quando um usuário usa indevidamente direitos de acesso que foram concedidos, ou quando um administrador concede a um usuário direitos de acesso excessivos por supervisão e negligência, isso pode resultar em abuso ou escalonamento de privilégios.

Os acessos de privilégios envolve invasores aproveitando as vulnerabilidades no software de gerenciamento de banco de dados para converter o acesso de baixo ou alto nível. A escalação das informações requer mais esforços e conhecimento, do que o simples abuso das políticas de segurança.

3) Ameaças do sistema

Uma infinidade de outras soluções poderia aumentar a segurança do banco de dados, incluindo:

Injeções de SQL: Um tipo de ataque  que explora vulnerabilidades em aplicativos da Web para controlar seu banco de dados.

Patches ausentes: Depois que uma vulnerabilidade é identificada, normalmente acontece no mesmo tempo em que um patch é lançado, fazendo com que as ferramentas de automação de hackers comecem a incluir as explorações de dados.

Auditorias: Os bancos de dados são componentes chave em investigações de violações e auditorias de conformidade. Os registros de auditoria são determinados pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados, Norma de Segurança de Dados da Indústria de Cartões de Pagamento, Sarbanes-Oxley, Lei de Portabilidade e Responsabilidade de Seguros de Saúde. E após um incidente, você não quer estar em uma posição em que possa apenas dizer que algo de ruim aconteceu e sim obter informações detalhadas sobre o que exatamente ocorreu.

Nuvem:  A aquisição de sistemas de banco de dados de terceiros pode levar a uma falta de visibilidade, controle e transparência, porque provavelmente não será fornecida uma descrição de serviço completo ou detalhamento exato de como a plataforma funciona e quais são os processos de segurança que o fornecedor opera.

Como complemento à metodologia de segurança do banco de dados, confira algumas dicas rápidas para configurar a estratégia e bloquear seus repositórios de informações:

✔ Inventário de instalações existentes.

✔ Verifique se tudo está devidamente corrigido.

✔ Desative a funcionalidade não utilizada.

✔ Abandone privilégios desnecessários.

✔ Use criptografia forte.

✔ Ative a auditoria.

✔ Valide o código do aplicativo.

 

Fonte: https://www.trustwave.com/en-us/resources/blogs/trustwave-blog/the-3-biggest-database-threats-and-what-your-security-plan-should-look-like/