Com o que os líderes de tecnologia precisarão lidar em 2021?

Após um ano complexo, estamos diante de mais incertezas, volatilidade, complexidade e dúvidas para 2021. Estas questões são potencializadas quando direcionamos o olhar para o mundo dos negócios, que, além disso, precisam lidar com a flexibilização e adaptação constantes.

O líder de Tecnologia enfrenta um desafio ainda maior: como entregar com qualidade em um setor que demanda constante evolução e requer estabilidade com redução de orçamento?

Recentemente, a KPMG divulgou um estudo que afirma que, embora exista a necessidade de evolução tecnológica decorrente da digitalização, apenas 48% dos líderes de Tecnologia esperam aumento de orçamento no próximo ano, quando antes da pandemia, esse número era de 57%.

No entanto, este mesmo líder ocupa um papel importante nos conselhos de administração e é capaz de exercer um papel estratégico na retomada dos negócios. Confira os principais fatores que determinarão sua eficiência:

Experiência do usuário

Toda empresa deve ter como foco seu usuário e como tornar sua experiência a melhor possível. Assertividade na entrega do produto ou serviço é o principal fator para fidelizar este consumidor, mas só é possível se sua empresa tiver os dados necessários para isso. Os negócios dificilmente sobreviverão se não investirem no tratamento dos dados disponíveis e basearem as suas decisões nas informações geradas.

 

Segurança da informação

Ao invés da estratégia de estratégias de sourcing interno, as empresas devem olhar para a segurança da informação considerando serviços, produtos e dados externos. É necessário buscar parceiros com expertise e serviços especializados para atingir maior eficiência e diminuir riscos de cibersegurança.

 

Execução ágil

Em 2021 é impensável que empresas não possuam processos ágeis e estratégias de execuções flexíveis. A burocratização e o engessamento de protocolos rígidos são inimigos do futuro do seu negócio. É possível adotar ciclos curtos de feedback para maximização de resultados alinhados a uma cultura de aprendizado constante e tolerância ao erro. Afinal, errar é humano.

 

O líder de tecnologia possui papel central neste novo contexto. Com as estratégias e parceiros corretos, é possível mudar o rumo dos negócios e garantir a entrega de produtos e serviços com mais qualidade e assertividade do que nunca.