A Cibersegurança é inimiga da produtividade?

Que o trabalho remoto ou híbrido veio para ficar já não é mais uma novidade, entretanto manter esse ambiente seguro ainda tem sido um desafio para as equipes de cada organização. 

Se por um lado o time de TI implementa políticas que possam evitar quaisquer invasões, por outro, colaboradores sentem que seu trabalho fica mais “engessado” e acabam burlando algumas regras de segurança visando garantir mais produtividade. 

Estudos apontam que 34% dos funcionários pesquisados ao redor do mundo enxergam a segurança cibernética como um obstáculo, e entre os mais jovens (de 18 a 24 anos), a porcentagem sobe para 48%. 

Então como garantir a proteção dos dados sem atrapalhar o fluxo de trabalho? 

Garantir que os times possam produzir de forma segura e sem que para isso os profissionais de TI da empresa sejam vistos como os vilões não é um trabalho fácil, mas necessário para evitar a frustração de ambas as partes. 

As equipes de tecnologia têm se estressado tentando convencer o restante dos funcionários do risco real que as ameaças cibernéticas representam aos negócios, e enquanto isso os hackers se aproveitam das vulnerabilidades ignoradas pelos colaboradores. 

A única forma de minimizar os atritos dentro da corporação é treinando cada colaborador dentro do fluxograma, e implementando soluções que sejam intuitivas e fáceis de usar, mas que sejam seguras. 

Algumas das frentes para assegurar a empresa estão na gestão de senhas por parte do time, na maneira que colaboram entre si e com os fornecedores e no controle remoto dos computadores, e para esse conjunto, as companhias de seus clientes podem contar com os serviços da LogMeIn. 

Fale com a M3Corp e conheça todas as formas que podem ajudar a manter seus clientes mais seguros.