“Worm”: saiba mais sobre esta ameaça

Existem diversos tipos de ameaças à segurança dos computadores, sejam eles pessoais ou corporativos. Entre os malwares mais populares da atualidade, hoje falaremos um pouco sobre o “worm”. 

Sua função principal é a de se espalhar por uma determinada rede e contaminar quantas máquinas puder, a fim de causar problemas de desempenho, consumindo diversos recursos do SO do computador, causando lentidão e um maior consumo de dados. 

Formas de contaminação

Existem algumas maneiras dele entrar e causar estragos. Uma delas é se instalando em pen drives ou HDs externos, resultando no roubo de informações pessoais valiosas para os criminosos. 

Outra forma é a tentativa por e-mail, onde o usuário recebe uma correspondência de um remetente desconhecido, normalmente com um link para clicar, que por sua vez é responsável por levar para um site nocivo. 

Por fim, mas não menos importante e perigoso, temos os malwares que atingem as moedas virtuais, como o Lemon Duck. 

Ele é responsável por assumir o controle do Microsoft Outlook da vítima, enviando e-mails e links, a fim de contaminar outros computadores. 

Evitando problemas

Mesmo com tantas ameaças rondando, existem formas de fugir e evitar que a sua máquina seja uma das vítimas destes cibercriminosos. 

A primeira, e talvez a mais importante, é ter uma boa rotina de navegação na internet, ou seja, evitar sites de origem duvidosa, dando prioridade para aqueles que possuem uma navegação considerada segura. 

Não abra qualquer e-mail que receber, não clique em qualquer link (mesmo que seja tentador) e também evite baixar arquivos de remetentes desconhecidos. 

Para manter a segurança dos seus clientes em dia, conte com o portfólio completo de soluções oferecidas pela M3Corp. Fale conosco!